Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Em Uberlândia, Feira destaca desafios e perspectivas para o futuro do agro mineiro

Vice Governador circulou pelo Parque de Exposições de Uberlândia no primeiro dia da Femec 2024 (Crédito: Agência Minas)
Vice Governador circulou pelo Parque de Exposições de Uberlândia no primeiro dia da Femec 2024 (Crédito: Agência Minas)

O futuro do agronegócio mineiro está em debate. Com o tema “Desafios e perspectivas para o setor”, a feira reúne especialistas para discutir os rumos do agro

A 11ª edição da Feira do Agronegócio Mineiro (Femec) foi aberta nesta segunda-feira (1º) em Uberlândia, com a presença do vice-governador de Minas Gerais, Professor Mateus, e de outras autoridades.

Em palestra, Professor Mateus destacou os progressos do agronegócio mineiro, que ultrapassou R$ 1 trilhão de PIB pela primeira vez, com o setor respondendo por 11% desse crescimento. O vice-governador também atribuiu ao agronegócio a criação de milhares de novos empregos no estado.

No entanto, Professor Mateus alertou para o desafio da formação de mão de obra qualificada no setor. “Este talvez seja o maior desafio para que o PIB do agronegócio mineiro continue progredindo na mesma velocidade dos últimos anos”, disse.

Assunto relacionado: Faemg Senar inaugura Centro de Referência de Minas Gerais em São Gotardo

O vice-governador também reforçou a importância da parceria entre o setor público e privado para promover a qualificação profissional e ampliar oportunidades de trabalho e renda.

A Femec 2024 tem como tema “Biocombustíveis: A nova energia vem do campo”. Na abertura da Feira, o vice-governador de Minas Gerais destacou a importância da indústria do agro na transição energética.

A Femec é promovida pelo Sindicato Rural de Uberlândia e tem como tema em 2024 “Biocombustíveis: A nova energia vem do campo”.

Discussão bastante relevante para o setor, como assinalado pelo vice-governador durante participação na solenidade de abertura da feira, que também reuniu o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e o prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão.

“O papel da indústria do agro na transição energética é muito importante. Temos que lembrar às pessoas que não estão na fazenda que o produtor rural é grande conservador dessas áreas, responsável por garantir a qualidade da água, e que há muito a ser feito em parceria com esse produtor rural, que é quem alimenta a nossa população”, afirmou o vice-governador de Minas, lembrando a otimização da efetividade e da diversificação da geração de energia a partir da cana-de-açúcar, por exemplo.

A feira reúne expositores de todo o país e oferece aos visitantes a oportunidade de conhecer as últimas novidades em máquinas, equipamentos, implementos e insumos agrícolas.

A Femec 2024 vai até sexta-feira (5/4) no Parque de Exposições de Uberlândia.