Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Agropecuária cresce 11,3% e impulsiona PIB no primeiro trimestre

Desempenho do agro impulsionou o PIB nacional (Foto: Wenderson Araujo/Trilux/Sistema CNA/Senar)
Desempenho do agro impulsionou o PIB nacional (Foto: Wenderson Araujo/Trilux/Sistema CNA/Senar)

Crescimento da agropecuária brasileira no primeiro trimestre de 2024 impulsionou o PIB do país. Safra recorde de grãos e investimentos em tecnologia foram os principais fatores do desempenho

O setor agropecuário brasileiro registrou um crescimento expressivo de 11,3% no primeiro trimestre de 2024, desempenhando um papel fundamental na alta de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no mesmo período. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) destacam a importância da agropecuária na economia nacional.

O aumento significativo na produção de culturas como soja e milho contribuiu diretamente para o desempenho positivo do setor. Além disso, o bom desempenho das exportações agrícolas, impulsionado pela demanda externa, fortaleceu a posição do agronegócio no cenário econômico brasileiro.

Comparado a outros setores, a agropecuária demonstrou um crescimento robusto, superando os desempenhos da indústria (+0,9%) e dos serviços (+0,6%). A expansão da safra e a elevação dos preços internacionais dos produtos agrícolas foram fatores determinantes para esse resultado.

Economistas ressaltam a relevância da agropecuária no contexto econômico atual, principalmente por sua capacidade de gerar emprego e renda no campo. A expansão do setor também reflete o avanço tecnológico e a adoção de práticas sustentáveis, que aumentam a produtividade e a eficiência.

No entanto, apesar dos números positivos, desafios como as condições climáticas adversas e a necessidade de investimentos em infraestrutura rural continuam presentes. A melhoria nas estradas e nos sistemas de armazenamento e transporte é essencial para manter o crescimento do setor a longo prazo.