Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

ABMRA lança projeto para transformar o agro em paixão nacional

Recentemente, o Congresso ABMRA reuniu mais de 420 pessoas e um dos temas foi a marca Agro do Brasil (Crédito: ABMRA)
Recentemente, o Congresso ABMRA reuniu mais de 420 pessoas e um dos temas foi a marca Agro do Brasil (Crédito: ABMRA)

Intenção é fortalecer a imagem do agronegócio e criar uma percepção positiva junto ao público da cidade. Iniciativa inclui campanhas publicitárias, ações educativas e um hub de conteúdo

Na página 4, a edição de fevereiro/março do Jornal 100PORCENTOAGRO publicou o artigo “Por que o agro precisa se comunicar melhor para fora da porteira” e o texto “Campanha quer levar o agro pra fora da bolha”. A publicação contextualizou o cenário da comunicação no setor e anunciou o lançamento de uma campanha nacional da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agro (ABMRA). O projeto da ABMRA, lançado na segunda-feira (22), em São Paulo (SP), é ambicioso e tem o objetivo de transformar o agronegócio brasileiro em uma paixão nacional, semelhante ao que acontece com o futebol. São campanhas publicitárias, ações em escolas públicas, criação de um hub de conteúdo, entre outras iniciativas para fortalecer a imagem do agronegócio e criar uma percepção positiva junto ao público da cidade, especialmente os jovens.

A ABMRA, fundada em junho de 1979, tem como missão fortalecer e valorizar o Marketing no Agro Brasileiro através da troca de informações entre profissionais. A entidade também é responsável por organizar a Mostra de Comunicação do Agro, um festival de criatividade que reconhece as melhores campanhas em 15 categorias.

O projeto marca Agro do Brasil terá duração de 12 meses. Nos três primeiros meses serão tomadas ações de base, como contratação da equipe do hub de conteúdo, construção do portal, criação e ativação de redes sociais, desenvolvimento de conteúdos e produção do material publicitário. A segunda fase terá dois meses, com início de campanha em TV aberta e fechada e ativações em espaços públicos e shoppings.

A ideia é contar com a contribuição de empresas, associações e até mesmo do governo para financiar a iniciativa. O presidente da ABMRA, Ricardo Nicodemos, não informou o quanto será investido na primeira temporada de ações da marca Agro do Brasil.

Comunicação é um dos pontos fracos do agro

A comunicação é apontada como um dos pontos mais sensíveis do agronegócio. Em 2011, o movimento Sou Agro contratou os atores Lima Duarte e Giovana Antonelli para mostrar que a atividade rural estava mais próxima da vida urbana do que se imaginava. A campanha durou cerca de três meses e, ao longo do tempo, os sites que reuniam os conteúdos saíram do ar e a iniciativa se rareou.

A ABMRA espera que o novo projeto tenha um impacto mais duradouro e efetivo na percepção do público sobre o agronegócio brasileiro.