Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Mulheres do Agro: Prêmio reconhece protagonismo feminino no setor

Débora Milori, da Embrapa Instrumentação: uma das indicadas para o Prêmio (Foto: Reprodução de vídeo do Lanaf/Embrapa)
Débora Milori, da Embrapa Instrumentação: uma das indicadas para o Prêmio (Foto: Reprodução de vídeo do Lanaf/Embrapa)

Prêmio Mulheres do Agro reconhece protagonismo feminino no setor agrícola e lança nova categoria. Iniciativa é da Bayer em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio

 

O Prêmio Mulheres do Agro, criado pela Bayer em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), está reconhecendo o papel fundamental das mulheres no setor agrícola. A sexta edição do prêmio destaca produtoras rurais que adotam práticas agrícolas baseadas nos princípios ESG (ambiental, social e governança), além de lançar uma nova categoria chamada Ciência e Pesquisa.

Nesta nova categoria, quatro pesquisadoras competirão pelo título e a instituição à qual estão associadas receberá um incentivo de R$ 15 mil. As pesquisadoras indicadas pelas instituições parceiras são: Thais Vieira (USP-Esalq), Débora Milori (Embrapa Instrumentação), Patricia Monquero (UFSCAR) e Mariangela Hungria (Embrapa Soja). A vencedora será escolhida por votação popular no site do prêmio e anunciada em 25 de outubro durante o Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio.

Ouça e veja nosso podcast sobre a importância dos prêmios no agro

A importância das mulheres na produção científica do agronegócio brasileiro é destacada por Gislaine Balbinot, diretora-executiva da ABAG. Ela ressalta como o conhecimento acadêmico transformou o Brasil de importador em um dos maiores produtores e exportadores de alimentos do mundo. A especialista em comunicação corporativa da Bayer, Isabela Fagundes, também enfatiza como a ciência e a pesquisa contribuem para a sustentabilidade e a inovação no agronegócio, destacando o protagonismo das mulheres tanto dentro como fora das fazendas.

Para chegar às finalistas da categoria Ciência e Pesquisa, as instituições parceiras do Prêmio indicaram 19 nomes, que foram avaliados com base em critérios como currículo acadêmico, relevância dos projetos para o agronegócio sustentável, impacto científico e relação com inovação e tecnologia.

O Prêmio Mulheres do Agro é uma iniciativa importante para reconhecer e incentivar a participação das mulheres no agronegócio brasileiro, um setor essencial para a economia do país. Desde 2018, o prêmio reconhece produtoras rurais em todo o país por suas práticas agrícolas inovadoras e sustentáveis. Este ano, o prêmio reconhece gestoras e proprietárias de terras que praticam os princípios ESG. O prêmio inclui as três primeiras colocadas em cada categoria (pequena, média e grande propriedade), totalizando nove finalistas, com os vencedores anunciados em 25 de outubro durante o Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, junto com a vencedora da categoria Ciência e Pesquisa.