Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Minas segue protagonista no agro brasileiro

Minas segue protagonista no agro brasileiro (Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG)
Minas segue protagonista no agro brasileiro (Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG)

Mapa projeta que o Valor Bruto da Produção da agropecuária em Minas Gerais fechará 2023 em R$123,9 bilhões, o que representa uma redução de 0,7% em relação ao ano anterior. A desvalorização do café é a principal causa dessa ligeira retração, mas a expectativa é de crescimento para o ano todo, devido às melhores condições climáticas para as lavouras

De acordo com estimativas calculadas durante o mês de julho, o Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária em Minas Gerais deve fechar o ano de 2023 em R$ 123,9 bilhões, representando uma redução de 0,7% em relação ao ano anterior. Essa projeção foi realizada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), com base nos dados acumulados de janeiro a junho, utilizando informações do IBGE, da Conab e do Cepea/USP.

A ligeira retração se deve à desvalorização do café, que é o carro-chefe do agronegócio mineiro, nos primeiros meses de 2023. No entanto, a expectativa para o ano todo é de crescimento do VBP do café, principalmente devido à melhoria das condições climáticas para as lavouras em comparação com os últimos anos. As lavouras são responsáveis por 67% do valor faturado pelo agronegócio em Minas Gerais. Para o ano de 2023, estima-se uma queda de 0,9% nesse segmento, com uma receita de R$ 82,4 bilhões.

Apesar do cenário de retração, algumas culturas apresentam crescimento em suas receitas, como café (5,6%), cana-de-açúcar (6,2%), feijão (29%), banana (2%), tomate (24,3%), laranja (28,5%), mandioca (35%), amendoim (81,7%), uva (10,1%) e arroz (18,3%). Juntos, os produtos correspondem a 63% do faturamento total das lavouras em Minas.

O café ocupa a liderança no segmento agrícola, com o VBP estimado em R$ 29,1 bilhões e aumento de 5,6% em relação ao ano anterior. A cana-de-açúcar tem uma estimativa de VBP de R$ 12,3 bilhões, número 6,2% superior à safra passada. A soja, que ocupa a segunda liderança no segmento agrícola mineiro, tem estimativa de faturamento prevista de R$ 18,3 bilhões.

Pecuária

No segmento pecuário, o leite ocupa a liderança no VBP da pecuária em Minas, representando 41% do total. As estimativas indicam que o VBP do produto alcançará R$ 17 bilhões em 2023, com um crescimento de 5,8% em relação ao ano anterior. A carne bovina ocupa a segunda posição de destaque no VBP da pecuária, representando 29,1% do total. A projeção para o faturamento bruto da carne bovina em 2023 é de R$ 12,1 bilhões.

Apesar das variações nos preços e das projeções de queda em alguns produtos, o agronegócio mineiro continua sendo um dos mais importantes para a economia do país. As estimativas são promissoras e mostram que o setor tem potencial para crescer ainda mais nos próximos anos.