Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Em parceria, Região do Cerrado Mineiro e Cubo Itaú impulsionam inovação e sustentabilidade no setor cafeeiro

Painelistas da RCM durante no Cubo Itaú (Foto: Reprodução)
Painelistas da RCM durante no Cubo Itaú (Foto: Reprodução)

Cerrado Mineiro e Cubo Itaú lançam parceria em SP. Brasemir e Amanda Miaki recebem certificação de café em solos vulcânicos

Nesta terça-feira (28), em São Paulo, foi anunciada uma parceria inovadora entre a Região do Cerrado Mineiro (RCM) e o Cubo Itaú, um dos maiores hubs de inovação tecnológica da América Latina. O evento marcou uma nova fase para o setor de café especial, com foco em práticas sustentáveis e tecnologias avançadas. Os painelistas foram: Juliano Tarabal, Diretor Executivo da Federação dos Cafeicultores do Cerrado Mineiro; o cafeicultor Marcelo Urtado (Fazenda Três Meninas); Carlos Eduardo Barreto, Diretor de Tecnologia e Inovação da Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado (Expocacer); e Diego Siqueira, Diretor Executivo da Quanticum.

Reconhecida por sua produção de cafés de alta qualidade, a RCM é pioneira em Denominação de Origem (DO), atestando a procedência e a excelência dos seus grãos. A partir de agora, a Região do Cerrado Mineiro e o Cubo Itaú estão oficialmente unidos em uma parceria de atitude, e o autêntico café do Cerrado Mineiro será fornecido nos 13 andares do escritório do Cubo Itaú, um ecossistema de empreendedorismo dedicado a conectar startups a grandes empresas, fomentando inovação e soluções tecnológicas.

Durante o evento em São Paulo, a certificação de produção de café em solos vulcânicos foi entregue a Brasemir Miaki e sua filha Amanda, da MC Miaki. A certificação reconhece a qualidade excepcional dos cafés cultivados em solos de origem vulcânica, muito valorizados por suas características únicas, como maior acidez e complexidade de sabores. Recentemente, a importância dos solos vulcânicos para a produção de café especial em Minas Gerais e São Paulo foi tema de um artigo da Folha de São Paulo.

Certificação de produção de café em solos vulcânicos foi recebida por Brassemir Miaki e sua filha Amanda, da MC Miaki (Foto: 100PORCENTOAGRO)
Certificação de produção de café em solos vulcânicos foi recebida por Brasemir e Amanda Miaki, da MC Miaki (Foto: 100PORCENTOAGRO)

A parceria entre a Região do Cerrado Mineiro e o Cubo Itaú promete impulsionar a adoção de novas tecnologias e práticas sustentáveis, beneficiando toda a cadeia produtiva do café especial.

MC Miaki é reconhecida pela qualidade

A história da família Miaki na cafeicultura remonta ao século 20. Tudo começou quando os avós paternos de Marcos Cezar Miaki emigraram do Japão para o Brasil, estabelecendo-se como colonos em fazendas de café no Paraná. A primeira propriedade de café da família foi adquirida em 1935, fruto de muito trabalho e perseverança.

A trajetória dos Miaki na cafeicultura passou por uma reviravolta em 1978, quando uma devastadora geada, conhecida como “Geada Negra”, atingiu o Paraná. O evento forçou a família a vender suas propriedades e buscar novos horizontes. E o local escolhido foi o Cerrado Mineiro.

Em Patrocínio, Minas Gerais, eles começaram um novo capítulo em sua história, consolidando sua paixão pelo cultivo de café.

No ano 2000, Marcos Cezar Miaki e sua esposa Brasemir fundaram a MC Miaki Coffee. A empresa cresceu e se expandiu ao longo dos anos, tornando-se uma referência na produção de cafés especiais e sustentáveis. A MC Miaki Coffee se destaca por sua excelência e rigor técnico, combinando pesquisa, modernas tecnologias e um profundo compromisso com a melhoria contínua e a sustentabilidade.

Hoje, a MC Miaki Coffee é gerida por Marcos e Brasemir Miaki, com a participação ativa dos filhos Matheus e Amanda Ribeiro Miaki. Esta segunda geração está envolvida diretamente nas operações empresariais e rurais, assegurando a continuidade da tradição e da inovação. A empresa é referência por sua consistência nas entregas e pelo legado de profissionalismo e paixão pelo café.

A MC Miaki Coffee continua a colecionar prêmios e a ser celebrada por sua dedicação à qualidade e à sustentabilidade, mantendo viva a herança da família Miaki.