Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Cooperativa apoia queijo minas artesanal

Dirigentes da Aprocer e representantes dos parceiros durante entrega de doação à entidade (Foto: Sicoob Credicarpa)
Dirigentes da Aprocer e representantes dos parceiros durante entrega de doação à entidade (Foto: Sicoob Credicarpa)

Sicoob Credicarpa doou R$ 15 mil para conectar associados e mercado. Aprocer recebeu os recursos e diz que parceria ajuda a divulgar o queijo minas artesanal

Em resumo:

  • Criada em 2015, Aprocer trabalha pela valorização e reconhecimento dos produtores de 19 municípios
  • Entidade garante qualidade e segurança do queijo
  • Parceria com o Sicoob Credicarpa garante R$ 15 mil por ano
  • Sebrae também é parceiro e contribui na realização de seminários, benchmarking e capacitação
  • Entre as metas da Aprocer estão a conquista do registro de Indicação Geográfica e o lançamento da candidatura junto à Unesco para conferir ao queijo o título de patrimônio da humanidade

 

Todos concordam que mineiro ama queijo. E a produção artesanal é uma importante fonte de emprego, renda e oportunidades em todo o Estado. Desde 2015, a Associação dos Produtores de Queijo Minas Artesanal do Cerrado (Aprocer) trabalha para valorizar e empoderar os produtores em 19 municípios do Alto Paranaíba e Noroeste. A entidade tem 11 associados ativos. 

“Quando iniciamos, os nossos produtos não eram reconhecidos, a sociedade não entendia a dimensão do nosso trabalho e a cadeia produtiva do queijo artesanal. Com o tempo e o apoio das instituições parceiras, conseguimos mostrar para o consumidor a qualidade do queijo, tendo a garantia da Aprocer da segurança do alimento”, diz o presidente da entidade, Eudes Braga. 

Os produtores contam com oportunidades como o associativismo para trocas de experiências e contatos. Outra iniciativa é o alcance de novos mercados, por meio de vendas coletivas. 

Eudes Braga destaca uma parceria fundamental para as ações da Aprocer, com o Sicoob Credicarpa, que doa R$ 15 mil anualmente para a associação. “A parceria com a cooperativa permite que o produtor tenha mais força para mostrar o seu produto para o mercado. O Sicoob Credicarpa é fomentador de recursos e apoiador de vários projetos realizados pelo nosso time, caminhando com a Aprocer para que os queijos cheguem em outros lugares”. 

A cooperativa considera o apoio como parte forma de conectar os associados e o mercado. “Somos incentivadores de diversos projetos, pois acreditamos que com os recursos e direcionamento certo, nossos cooperados podem atingir melhores resultados e expandir seus negócios. O queijo é um produto com uma grande relevância, sendo muito importante o seu desenvolvimento para a economia da região”, afirma o presidente do Sicoob Credicarpa, Lisandro Coutinho Borges.  

Outra instituição importante para a associação é o Sebrae, que contribui para a realização de seminários, ações de benchmarking e capacitação. “A nossa participação e das outras instituições é primordial para a organização dos produtores de queijo do cerrado mineiro. Queremos fortalecer a imagem e a origem do queijo, contribuindo para o aumento da produção na região”, destaca a analista de negócios do Sebrae Minas, Naiara Rodrigues Marra. 

Metas

O desafio da Aprocer vai além do reconhecimento do queijo e do produtor. Uma das metas mais importantes é conquistar o registro de Indicação Geográfica (IG), distinguindo o queijo mineiro do cerrado dos outros disponíveis no mercado. 

“Outro passo, mais ambicioso, foi reunir todos os nossos produtores e parceiros para lançar a candidatura na Unesco [Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura] para que o queijo seja um patrimônio da humanidade. Afinal, além de despertar memórias afetivas, o queijo é muito relevante para o mercado e movimenta a economia”, conclui Eudes Braga. 

 

Saiba mais sobre IG em nossa região:

Certificação de Indicação Geográfica para a Região de São Gotardo