Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Senado fará homenagem póstuma a Alysson Paolinelli

Alysson Paulinelli em uma de suas muitas presenças no Senado (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Alysson Paulinelli em uma de suas muitas presenças no Senado (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

Ex-ministro da Agricultura foi um dos responsáveis pela estruturação da Embrapa na primeira década de história da empresa. Data do evento em Brasília ainda será definida

 

Pai da agricultura tropical brasileira, visionário do agronegócio moderno, baluarte da segurança alimentar. Estes são apenas alguns dos muitos adjetivos colecionados pelo mineiro Alysson Paolinelli durante os seus 86 anos de vida. Nascido em Bambuí (MG), Alysson foi aluno e professor do curso de Agronomia da Escola Superior de Agricultura de Lavras, atual Universidade Federal de Lavras (UFLA), chegando a diretor da Instituição. Na política, participou ativamente dos grandes momentos da vida pública mineira e brasileira, tendo a riqueza e os grandes desafios da agropecuária brasileira no centro de suas diversas frentes de trabalho. Foi de Alysson Paolinelli a responsabilidade de liderar a estruturação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) nos 10 primeiros anos de história da empresa, que revolucionou a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico brasileiro no setor.

A trajetória de Paolinelli é motivo de seguidas homenagens no Brasil e no exterior. Recentemente, em matéria de capa do jornal 100PORCENTOAGRO, destacou a iniciativa da escola de Samba Mancha Verde ao levar o agro para a passarela do samba de São Paulo, a maior cidade da América Latina, como forma de homenagear Paolinelli e a pujança do agro brasileiro, mostrando a força do setor para o Brasil e o mundo. Agora, é a vez do Senado Federal renovar sua reverência ao agrônomo mineiro.

Na quarta-feira (28), o plenário aprovou uma sessão especial em homenagem póstuma ao ex-ministro pelos 50 anos de serviço público. A sessão será agendada pela Secretaria Geral da Mesa. O requerimento é do senador Izalci Lucas (PSDB/DF).

História de amor pelo Brasil

Nascido em Bambuí no ano de 1936, Alysson Paolinelli foi, também, secretário da Agricultura de Minas Gerais e deputado federal constituinte, além de ter presidido a Confederação Nacional da Agricultura (CNA). Como secretário de Agricultura de Minas Gerais, em 1970, assumiu o desafio de implantar uma nova matriz produtiva no estado, baseada na incorporação de tecnologia e políticas de crédito estimuladoras de modernização. Seus programas de colonização agrícola do Cerrado Mineiro chamaram a atenção do Governo Federal, que o convidou a ser ministro da Agricultura em 1974. Em sua gestão, criou o Programa de Desenvolvimento dos Cerrados (Polocentro), com novos mecanismos de política agrícola e levando infraestrutura e tecnologia para produzir alimentos na região.

Ouça podcast sobre Alysson Paolinelli, o Padap, e a primeira grande plantação de soja do Brasil, na região de São Gotardo

Saiba mais sobre Alysson e a região de São Gotardo

Veja o vídeo da Empresa narrado por Paolinelli sobre a Integração Lavoura Pecuária Floresta

Alysson Paolinelli morreu em 29 de junho de 2023, aos 86 anos de idade. A sessão solene do Senado ainda não tem data marcada.