lançamento lançamento lançamento lançamento lançamento lançamento
lançamento lançamento lançamento lançamento lançamento lançamento

Snaplage é inovação nutricional na pecuária de corte e leite

Maquina de silagem (Crédito: Divulgacão)
Maquina de silagem (Crédito: Divulgacão)

Pesquisa aponta benefícios, desafios e impacto na pecuária brasileira. Estudo foi realizado na UFLA

A técnica snaplage, que consiste na silagem da espiga inteira do milho, está ganhando destaque na pecuária de corte e leite devido ao seu alto valor energético e nutricional. Composta por 75% a 80% de grãos, 10% a 15% de sabugo e 5% a 10% de palha, a snaplage oferece uma dieta rica em carboidratos e amido, fundamentais para os ruminantes.

Segundo Thiago Bernardes, professor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), “a snaplage possui alta concentração de energia, essencial para a fase de terminação dos bovinos de corte”. A técnica melhora a eficiência alimentar dos animais e pode aumentar a produção de carne e leite, resultando em produtos de maior qualidade.

A substituição do milho seco por snaplage na alimentação de vacas em lactação pode resultar em uma produção de leite mais constante e de melhor qualidade. Além disso, a snaplage tem a vantagem de reduzir as perdas de material durante o processo de ensilagem, aumentando a eficiência do uso do milho na alimentação animal.

Porém, a implementação da técnica apresenta desafios, como a necessidade de equipamentos específicos e a colheita no momento certo. O custo de uma colheitadeira com plataforma de moagem pode variar de R$ 100 mil a mais de R$ 1 milhão, tornando-se um investimento significativo para os produtores. Além disso, a adaptação da técnica às condições locais e às necessidades específicas de cada fazenda é essencial para otimizar os resultados e minimizar riscos. Bernardes enfatiza que “cada tecnologia deve ser avaliada em relação ao seu sistema de produção específico”.

O uso da snaplage pode trazer benefícios econômicos e ambientais, como a redução do desperdício de alimentos e a melhoria na eficiência alimentar dos animais. Produtores que adotarem a técnica podem ver um aumento na rentabilidade e na sustentabilidade de suas operações.

A técnica snaplage representa uma inovação importante para a pecuária de corte e leite, oferecendo uma alternativa nutricional eficiente e sustentável. Com o investimento adequado e a adaptação às condições específicas de cada propriedade, a snaplage pode contribuir significativamente para o desenvolvimento da pecuária brasileira, melhorando a produção de carne e leite e aumentando a competitividade dos produtores no mercado.