Podcast YouTube
Podcast Spotfy
Slide
Slide

Flores do Café e do Bem-Estar: evento concorrido abre a temporada 2024

Reencontro: mulheres do café querem repetir neste ano sucesso do Flores em 2023 (Crédito: Divulgação)
Reencontro: mulheres do café querem repetir neste ano sucesso do Flores em 2023 (Crédito: Divulgação)

O projeto foi destaque no ano passado. A série de encontros deste ano começou em Patrocínio e passará por outras cidades do Cerrado Mineiro até agosto

Nesta terça-feira, 7 de maio, o Grupo Mulheres Agro UFV-CRP deu início à temporada 2024 do projeto “Flores do Café e do Bem-Estar”. E o local do primeiro encontro do ano não poderia ser mais apropriado: o auditório da Expocacer, em Patrocínio. Foram três palestras em torno do tema central: “Mercado do Café: tendências, comercialização e exportação do café”.

Idealizado pelo Grupo Mulheres Agro UFV-CRP, pela consultora de Equilíbrio e Bem-Estar Lorena Mangabeira – colunista do 100Porcentoagro, e pela CEO da Auma Agronegócios, Lucimar Silva, o Flores tem por objetivo empoderar as mulheres no setor agrícola, com foco especialmente na atuação feminina em todas as etapas da cadeia cafeeira. A conexão se dá nas dimensões do conhecimento técnico (Universidade Federal de Viçosa/Rio Paranaíba), do equilíbrio emocional (Lorena Mangabeira) e da inspiração (Lucimar Silva), para ampliar a participação das mulheres e sua autoconfiança na tomada de decisões.

Palestras

Na primeira palestra do dia, Sandra Moraes falou de “Mercado do Café: Gestão e Impactos”. Homenageada como uma das principais lideranças femininas do agronegócio no Cerrado Mineiro em 2023 pela Revista 100Porcentoagro (número 1, página 40), idealizadora do programa “Elas no Café”, Sandra é especialista em café e educadora. Atualmente, lidera o Departamento de Cafés Especiais da Expocacer.

Em seguida, Poliana Gonçalves falou sobre “Design de Produtos e Normas para a Industrialização de Cafés Especiais”. Poliana é especialista no tema.

A última palestra, sobre “Exportações de Café e Novas Regulamentações Ambientais e Sociais”, foi ministrada pela engenheira agrônoma Silvia Pizzol, mestre em Economia Aplicada pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP), gestora de Sustentabilidade no Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Em painel, Mariana Heitor, vice-presidente da Expocacer e também homenageada na edição número 1 da Revista 100Porcentoagro (página 41), e Mariana Veloso, trader na Veloso Coffee, em Carmo do Paranaíba, falaram sobre exportação com exemplos práticos do que cada uma delas vivencia em relação ao mercado externo de café, notadamente os cafés especiais.

Perspectivas para 2024

O Flores do Café e do Bem-Estar foi um sucesso em 2023, conquistando visibilidade em importantes cenários do Estado, como a Semana Internacional do Café (SIC), no mês de novembro, em Belo Horizonte.

Em entrevistas exclusivas, no encerramento da primeira temporada, participantes e organizadoras comentaram o sucesso de 2023 e falaram das perspectivas para a temporada seguinte.

O Flores terá encontros nas principais cidades do Cerrado Mineiro até agosto deste ano.